Neurocoaching – O coaching da vida intrauterina

“A nossa mais elevada tarefa deve ser a de formar seres humanos livres que sejam capazes de, por si mesmos, encontrar propósito e direção para suas vidas”.

Rudolf Steiner

Preparação para a Gestação biológica ou adotiva.

Programa de Coaching voltado a casais que pretendem ter filhos naturais ou adotivos, bem como aqueles que já se encontram no período gestacional.

Foco na vinculação afetiva, comunicação pais-bebê e preparação para a transição de vida.

O Coaching de vida intrauterina, se propõe a apoiar e orientar os novos pais no processo de desenvolvimento do novo ser ainda dentro do útero. Tem o objetivo de ampliar a Consciência Sistêmica, facilitar a psicoeducação, construir o vínculo afetivo com a Vida, propiciar a desprogramação de padrões limitantes e preparar pais e bebê na passagem para a nova etapa que é o nascimento e primeiros anos de vida.

A vinculação à vida é um fator crucial para que as etapas de desenvolvimento e amadurecimento psicofísico (estrutura e química cerebral), sejam vencidas com sucesso em todas as áreas, proporcionando saúde e equilíbrio.

O ser humano leva 21 anos para adquirir maior consciência das coisas. Esse tempo é o tempo que o sistema nervoso central leva para mielinizar todas suas células nervosas, isto é, deixá-las maduras. Essa bainha de mielina é a responsável pelas conexões nervosas (sinapses) entre os neurônios. É como se os fios fossem sendo encapados para não dar curto-circuito.


Nos primeiros anos de vida, até a troca dos dentes, por volta dos seis anos, a mielinização para a aprendizagem está sendo formada. A consciência da criança está ainda num estado de sono nesta etapa da infância, ou seja, ela não tem consciência das coisas como nós adultos já a temos. Por isso que a criança é criança e depende de nós para tudo. Ela não tem discernimento, crítica e julgamento ainda sobre as coisas da vida.

A criança também depende dos adultos cuidadores para que ela possa regular as emoções e sensações internas já que ela não tem a “fiação pronta”. A criança “empresta” dos pais o seu sistema nervoso para se autorregular e por esse motivo é muito importante que o adulto tenha discernimento, se auto perceba e regule para não sobrecarregar a criança com suas questões emocionais e estresses.

Como a criança vai de alguma forma “ colar “ química, elétrica e cognitivamente o que vier dos adultos cuidadores, por imitação, é importante que os novos pais tenham consciência do seu papel na modelagem cognitiva desde antes do nascimento.

Apoio e Orientação à Gestação ( link)

Coaching de Vida Intrauterina *

Modelo de sessão individual de Apoio à Gestação-

Coach de Vida Intrauterina

Número de sessões:

  • Mínimo de 9 sessões durante a gestação
  • 1 ou 2 pós nascimento

Duração das sessões:  1 h ou um pouco mais

Etapas da sessão:

  1. Uma breve conversa para definir um foco preferencial por sessão.
  2. Foco é aquele ponto preferencial, escolhido de acordo com o que está acontecendo no momento gestacional.
  3. Exercício percepção.
  4. Aprofundamento com visualização baseada no foco de atenção.
  5. Comunicação pai-mãe-bebê (ou mãe-bebê)
  6. Sugestão (ainda em estado de expansão de consciência) de exercício para a manutenção do vínculo a ser repetido durante a semana.
  7. Se possível o exercício pode ser gravado para que seja repetido diariamente até a próxima sessão.
  8. Retorno
  9. Síntese e finalização.